“Efeito Uber” chega aos serviços funerários e cemiteriais. Aplicativo ajuda no momento mais difícil da vida.

E agora? Essa é a pergunta que fazemos no momento mais triste da vida: a perda de familiares e amigos queridos. Tão desagradável quanto inevitável, o assunto exige tantas providências e decisões financeiras que, muitas vezes, acabam roubando o precioso tempo da despedida.

Finalmente, porém, a inovação chega aos serviços funerários e cemiteriais, acelerando o movimento que tem melhorado a imagem do setor. Começando pela cidade do Rio de Janeiro, o aplicativo iPax promete mudar as relações comerciais no último setor econômico sem aplicativo. Foi o que a Amazon fez com as livrarias, a Netflix fez com a televisão, o que o Airbnb fez com a hotelaria, o que o WhatsApp fez com a telefonia e o que o Uber fez com o transporte de táxi nas metrópoles.”

Em tempos de crise, era natural que esse movimento chegasse ao segmento, mudando a forma como se contrata funerárias, cemitérios, homenagens e tudo que se relaciona ao tema. “Não se trata de eliminar as funerárias, que têm funções garantidas por lei, mas de melhorar cada vez mais o atendimento ao consumidor e oferecer opções de qualidade com preços justos e acessíveis”, garantem seus idealizadores.

Na prática, o usuário ganha acesso a informações que facilitam a vida e garantem economia em cada detalhe, mesmo entre os serviços de luxo. A ferramenta permite realizar buscas específicas, como a lista de documentos necessários para registro nos cartórios da jurisdição e as providências para animais de estimação. Funerárias, cemitérios, crematórios, floriculturas e outros serviços especializados também aparecem em mapas interativos, nos pacotes promocionais e nas avaliações dos consumidores que, em breve, poderão solicitar propostas personalizadas das empresas conveniadas e agendar lembretes de providências futuras.

Mas as pessoas querem distância deste assunto. Por isso não se espera que o aplicativo seja baixado em grande escala. Então, a solução encontrada foi a construção de uma plataforma que funciona simultaneamente em computadores, tablets e smartphones, pelo site ipaxapp.com, sem necessidade de acessar a loja do Google.

 

Quebra de Paradigmas

No mundo da economia, o consagrado “modelo Uber de negócios” é um processo de quebrar paradigmas, de criar estratégias tecnológicas que substituem ou inovam os tradicionais modelos de negócios, ampliando as opções da clientela e gerando novas oportunidades para um segmento de mercado que, literalmente, pouco se importava com a opinião do cliente.

Assim, o iPax é um inédito canal de negócios desenvolvido para empresas e profissionais de olhos abertos aos novos tempos da economia livre e colaborativa, onde diversas “startups” estão criando plataformas que visam unir o usuário final ao seu respectivo prestador de serviço. É a modernidade que chega ao tema mais delicado da vida, anunciando bons negócios para ambas as partes. Afinal, quem precisa tomar decisões sobre funerais é um público cada vez mais jovem, com poucas experiências de vida, mas com larga vivência na internet.

“Para as empresas do setor, o iPaxApp é mais que um aplicativo. É uma oportunidade de agregar negócios novos, uma poderosa e inovadora ferramenta de comunicação e um novo jeito de aparecer no mercado cada vez mais competitivo”, completam os diretores.

 

 

Lançamento Simbólico

O lançamento simbólico acontece neste dia 2 de novembro no tradicional Cemitério do Caju (São Francisco Xavier), local inaugurado pelo Imperador D. Pedro II, pioneiro em diversas inovações em benefício da população e considerado um brasileiro muito além do seu tempo.

 

 “Diante da legislação, que dificulta a abertura de novos pontos de venda de artigos funerários nas cidades, o meio digital se apresenta como a alternativa de menor custo e maior poder de capilaridade”